Última hora

Última hora

Taxista muçulmano esfaqueado em Nova Iorque

Em leitura:

Taxista muçulmano esfaqueado em Nova Iorque

Taxista muçulmano esfaqueado em Nova Iorque
Tamanho do texto Aa Aa

Em clima de plena ebulição por causa do projecto para instalar uma mesquita islâmica a escassos metros do Ground Zero, em Nova Iorque, um taxista muçulmano foi esfaqueado por um passageiro.

Ahmed Sharif terá sido atacado por uma arma branca, assim que o ocupante da viatura se apercebeu da origem do condutor.

O suspeito, Michael Enright, um jovem de 21 anos foi detido e é agora acusado de tentativa de homicídio.

Os opositores à construção da mesquita dizem que o ataque ao taxista é consequência das tensões geradas pelo polémico projecto.

A casa foi proposta para se tornar num monumento nacional, mas o pedido foi recusado, o que permite à Iniciativa Córdova destruir o espaço para a construção do complexo islâmico com 13 andares.

O coro de críticas intensifica-se de ida para dia.