Última hora
This content is not available in your region

Estado de emergência na Nova Zelândia

Estado de emergência na Nova Zelândia
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades da Nova Zelândia declararam o estado de emergência em Christchurch, depois do violento sismo ocorrido na madrugada de sábado.

O tremor de terra atingiu os sete pontos na escala de Richter mas não há registo de vítimas mortais. Há vários feridos, dois em estado grave.

A protecção civil aconselhou a população a ficar em casa.

O exército reforçou a segurança no centro da cidade depois de se terem registado pilhagens de lojas.

O tremor de terra ocorreu perto da segunda maior cidade do país, na ilha do sul. É o mais devastador dos últimos 80 anos.

O sismo destruí carros, pontes e várias infra-estruturas, nomeadamente, as redes de gás, água e electricidade.

A protecção civil suspendeu a circulação rodoviária. O principal aeroporto da cidade foi encerrado durante várias horas.

Segundo um balanço oficial, os estragos podem ascender a mil milhões de euros.

A Nova Zelândia situa-se perto do Anel de Fogo, na fronteira entre as placas tectónicas da Austrália e do Pacífico, uma área onde há muitos tremores de terra.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.