Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Intempéries: mais de um milhão de desalojados no México e na Guatemala

Intempéries: mais de um milhão de desalojados no México e na Guatemala
Tamanho do texto Aa Aa

As chuvas torrenciais que se abateram sobre a América Central inundaram vários estados do Sul e Sudeste do México.

Em Tabasco, onde em Julho e Agosto foi ultrapassado o recorde histórico de precipitação, os rios Samaria e Carrizal galgaram as margens, o que dificultou ainda mais os trabalhos das equipas de socorro.

Outros estados no sul do país como Oaxaca, Guerrero, Chiapas e Veracruz, continuam também a sofrer os efeitos das intempéries, com numerosas localidades inundadas e sem comunicação com o exterior. Até ao momento, em cinco estados, as chuvas já mataram pelo menos sete pessoas e fizeram mais de 900 mil sinistrados, à medida que aumentam os pedidos de ajuda.

No Nordeste mexicano, a tempestade tropical “Hermine” só provocou danos menores à passagem pelo estado de Tamaulipas.

O mesmo não se pode dizer da Guatemala que também sofre com os efeitos das chuvas. Há registo de 45 mortos e 50 mil sinistrados, de acordo com o último balanço oficial. As equipas de resgate interromperam entretanto as buscas pelos corpos que ficaram soterrados num deslizamento de terras durante o fim-de-semana, quando tentavam prestar socorro às vítimas de um outro aluimento que provocou a queda de um autocarro, de uma ravina de cerca de 300 metros.

Os Estados Unidos já prometeram desbloquear uma ajuda de mais de 300 milhões de euros.