Última hora

Nobel da Paz chora

Nobel da Paz chora
Tamanho do texto Aa Aa

O dissidente chinês Liu Xiaobo chorou quando soube que tinha sido galardoado com o Prémio Nobel da Paz.

O antigo professor de literatura de 54 anos, condenado por subversão do poder do Estado está a cumprir uma pena de 11 anos de prisão.

Xiaobo terá tido conhecimento da atribuição do prémio pela mulher, entretanto, autorizada a visitá-lo na prisão.

A organização humanitária Freedom Now denunciou, entretanto, que depois desta visita poetisa, Liu Xia, ficou em prisão domiciliária.

De acordo com o grupo de activistas, Liu Xiaobo dedicou o Prémio Nobel da Paz a todos os que morreram na repressão militar em Tiananmen em 1989.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.