Última hora
This content is not available in your region

Terceira jornada de greve mobiliza ainda mais franceses

Terceira jornada de greve mobiliza ainda mais franceses
Tamanho do texto Aa Aa

Foi uma terça-feira negra para o governo francês. De acordo com os sindicatos, três milhões e meio de pessoas saíram às ruas para protestar contra a reforma do sistema de aposentações. Já o ministério do Interior fala em um milhão e duzentos mil manifestantes. Apesar da habitual guerra de números, esta mobilização foi maior do que as duas últimas.

A socialista Segolène Royal destaca o facto dos jovens de 15 e 16 anos terem saído em massa para as ruas. No entanto, pede-lhes que lutem de forma pacífica.

A mobilização dos jovens tem um peso tradicionalmente forte em França. Nos últimos quatro anos, o governo foi mesmo obrigado a recuar em dois projectos de lei.

Desta vez, o executivo avisa que não vai ceder na reforma das pensões. O problema é que seis em cada dez franceses são a favor da continuação dos protestos. Está já marcada nova jornada de greve nacional para sábado. Os aeroportos vão voltar a ser palco de filas de espera e cancelamentos de voos.

Por enquanto e, pelo menos esta quarta-feira, já se sabe que a paralisação se mantém nos comboios e no metro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.