Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Rússia participa na cimeira da NATO em Lisboa

Rússia participa na cimeira da NATO em Lisboa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia vai participar na cimeira da NATO em Lisboa e não exclui a possibilidade de aderir ao projecto de escudo antimíssil.
 
A informação foi confirmada pelo próprio presidente russo, depois de uma reunião com o chefe de Estado francês e a chanceler alemã: “Gostaria de anunciar que irei à Cimeira Rússia-NATO, em Lisboa, que terá lugar no dia 20 de Novembro, o que nos dará a possibilidade de encontrar os compromissos que temos de encontrar e desenvolver o diálogo entre a Rússia e a NATO”, disse Dmitri Medvedev.
 
Os três responsáveis estão reunidos desde ontem na cidade francesa de Dauville. A cimeira é vista como uma tentativa da França e da Alemanha de aproximarem a Rússia da Europa.
 
O convite para tomar parte da cimeira de Novembro tinha sito feito pela Aliança Atlântica e vai permitir aos russos saberem mais sobre a estratégia da NATO e sobre o escudo antimíssil projectado pelos Estados Unidos.
 
O sistema de defesa é composto por radares e baterias de mísseis antibalísticos, instalados na Polónia e na República Checa. A proximidade das instalações inquietava as autoridades russas.
 
As relações entre Moscovo e o Washington chegaram mesmo a azedar com o Kremlin a fazer referência ao regresso da Guerra Fria.
 
Os Estados Unidos pretendiam a cooperação russa, mas nunca chegaram a dar as garantias exigidas por Moscovo.