Última hora

Última hora

Passageiros de Airbus A380 da Qantas Airways respiram de alívio

Em leitura:

Passageiros de Airbus A380 da Qantas Airways respiram de alívio

Passageiros de Airbus A380 da Qantas Airways respiram de alívio
Tamanho do texto Aa Aa

Golpe de sorte para muitos, os passageiros que seguiam a bordo do Airbus A380 da Qantas Airways com destino a Sidney, recuperam do susto em Singapura.

No aeroporto de Changi, onde aterrou de emergência, o avião foi cercado por veículos de apoio, enquanto os passageiros iniciavam o desembarque.

De acordo com a companhia aérea, o aparelho pode voar com apenas duas turbinas em funcionamento, mas a explicação não convence aqueles que viveram o pesadelo.

“Para dizer a verdade acho que tivemos muita sorte, porque podia ter ido para o depósito de combustível. Por isso, podia ter sido bem pior. Mas só quando saímos do avião nos pudemos aperceber. Olhámos para debaixo do avião e podia-se ver a parte detrás do motor”, diz Neil Shepard, um passageiro.

O maior avião de passageiros do mundo já deu outros sinais de alarme. Em Março, dois pneus de um Airbus A380, também da companhia aérea Qantas, rebentaram durante a aterragem no aeroporto de Sidney, na Austrália.

Em Setembro de 2009, um Airbus A380 da Singapore Airlines teve que regressar ao aeroporto Roissy-Charles de Gaulle de Paris por causa de um problema num dos quatro motores.

Actualmente há 37 Airbus A380 ao serviço das companhias Singapore Airlines, Qantas, Emirates, Lufthansa e Air France.