Última hora

Última hora

Merapi mata mais de uma centena de pessoas

Em leitura:

Merapi mata mais de uma centena de pessoas

Merapi mata mais de uma centena de pessoas
Tamanho do texto Aa Aa

Imagens de desolação em torno de um dos mais perigosos vulcões do mundo. O Merapi continua em cólera, o último balanço dá conta de uma centena de mortos.

As autoridades calculam agora também um aumento para o número de deslocados que já ultrapassa as cem mil pessoas,num raio de mais de 25 quilómetros em volta do vulcão.

O perímetro de segurança foi alargado pelas autoridades, de 15 para 20 quilómetros, obrigando igualmente à deslocação de alguns dos centros de abrigo e evacuação de mais uma dezena de aldeias.

Muitos dos mortos da erupção de ontem à noite são Crianças da da aldeia de Argomulyo, a 18 quilómetros de distância da cratera. Há ainda a registar pelo menos 66 feridos que sofrem de queimaduras graves.

O Merapi, situado numa zona densamente povoada em Java, é considerado um dos mais cativos do mundo e esta é uma das suas mais mortíferas manifestações.