Última hora
This content is not available in your region

Caso de corrupção ensombra Sarkozy

Caso de corrupção ensombra Sarkozy
Tamanho do texto Aa Aa

Nicolas Sarkozy pode ter de prestar contas sobre o atentado que em 2002 matou 15 franceses em Karachi, no Paquistão.

Esse é o objectivo dos familiares das vítimas que querem ver como testemunhas o chefe de Estado francês, o antigo Presidente e o ex-chefe de Governo.

Por trás do atentado, na altura atribuído à Al-Qaeda, está um esquema de corrupção e financiamento político ilegal que remonta a 1994.

Os actos de corrupção através de retro comissões foram confirmados em Tribunal pelo antigo ministro da Defesa, Charles Millon.

Em jogo estava a venda de três submarinos. Em causa não estão os subornos para ganhar o concurso, mas o facto de uma parte do dinheiro voltar a França onde era distribuído por políticos envolvidos no negócio como é o caso do antigo primeiro-ministro, Edouard Balladur.

Sarkozy era na altura responsável pela pasta do Orçamento.

Com a chegada de Jacques Chirac ao poder, os pagamentos ao Paquistão foram cancelados e a hipótese do atentado em 2002 ter sido uma retaliação ganha, agora, força.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.