Última hora

Última hora

Fidel Castro abandona chefia do Partido Comunista

Em leitura:

Fidel Castro abandona chefia do Partido Comunista

Fidel Castro abandona chefia do Partido Comunista
Tamanho do texto Aa Aa

“Não estou a falar como secretário-geral. Adoeci e fiz o que devia fazer: deleguei as minhas funções. Não posso fazer uma coisa à qual não estou em condições de dedicar todo o meu tempo.”

Foi assim que Fidel Castro anunciou que abandonou o último cargo político que ainda exercia: o de líder do Partido Comunista Cubano, o único legal no país.

O pai da revolução cubana de 1959 abandonou a presidência do país em 2006, por motivos de doença, após 47 anos no poder.

Num encontro com estudantes da Universidade de Havana, Fidel afirmou estar contente com a governação do irmão Raul Castro, que assumiu, definitivamente, a presidência em 2008.