Última hora

Última hora

Gregos com "cinto mais apertado" em 2011

Em leitura:

Gregos com "cinto mais apertado" em 2011

Gregos com "cinto mais apertado" em 2011
Tamanho do texto Aa Aa

2011 vai ser um ano de grande austeridade na Grécia.

O governo apresentou esta quinta-feira, no Parlamento, um novo pacote de medidas que irá fazer com que os gregos apertem ainda mais o cinto.

Georges Papandreu vai além das exigências da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional e fixa como meta baixar o défice orçamental em 5 mil milhões de euros.

O objectivo é reduzir o défice para 9,4 por cento este ano e para 7,4 por cento em 2011.

Os termos do empréstimo de 100 mil milhões de euros concedidos pelo FMI e por Bruxelas previam apenas um corte, no próximo ano, de 7,6 por cento.

O plano de Papandreou para equilibrar as contas públicas inclui ainda cortes no sector da saúde, nas empresas públicas e o congelamento das pensões.

Outra medida é o aumento do escalão mais baixo do IVA dos 11 para os 13 por cento.

2011 será um ano de apertar ainda mais o cinto para os helénicos e à semelhança do que tem acontecido este ano, espera-se que as greves passem a fazer parte do quotidiano grego.