A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Turquia: clima de guerra entre exército e governo

Turquia: clima de guerra entre exército e governo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

É um novo episódio no braço-de-ferro entre o governo e o exército turcos.

Numa decisão inédita, o ministro do Interior suspendeu dois generais e um almirante das suas funções.

Os três oficiais são arguidos no processo que envolve mais de 200 militares, acusados de prepararem um golpe de Estado contra o actual governo.

Mas para as forças armadas esta suspensão surge como uma represália, depois dos militares terem nomeado os três homens para altos cargos de chefia, ignorando a oposição do governo contra a decisão.

Desde a chegada ao poder que o governo islamita moderado do AKP não esconde a intenção de reformar o exército, considerado, no entanto, como o guardião da laicidade da república turca.

Um conjunto de emendas constitucionais que reforçam o controlo do governo sobre as actividades do exército, tinha sido aprovado há meses, em referendo.