Última hora

Última hora

Barroso desmente que haja "pressões" para Portugal pedir ajuda

Em leitura:

Barroso desmente que haja "pressões" para Portugal pedir ajuda

Barroso desmente que haja "pressões" para Portugal pedir ajuda
Tamanho do texto Aa Aa

Durão Barroso desmente ter havido pressão para Portugal pedir ajuda à União Europeia e ao Fundo Monetário Internacional.

O presidente da Comissão Europeia falou aos jornalistas esta sexta-feira, na sede da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) em Paris.

“Posso afirmar que é absolutamente falsa qualquer referência a um plano de ajuda a este país”, garantiu. “Não foi pedido nem nós o sugerimos. É totalmente falso”.

Durão Barroso reagiu assim à notícia do “Financial Times Deustschland” de que o país estaria a ser alvo de pressões por parte do Banco Central Europeu e da maioria dos países da zona euro para pedir ajuda.

O desmentido surge no dia em que Portugal aprovou o Orçamento de Estado, que define como meta não ultrapassar um défice de 4,6 por cento em 2011.

Para o primeiro-ministro português a aprovação do Orçamento deve contribuir para aumentar a confiança dos mercados. José Sócrates disse ainda que a Europa tem de “encontrar um caminho seguro para defender a moeda única”.