Última hora

Italianos contra reformas do governo

Italianos contra reformas do governo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas protestaram este sábado em Roma. Entre eles estudantes que estão contra a reforma do ensino superior.

A Cgil, o principal sindicato do país, lançou o apelo. Na capital reuniram-se pessoas vindas de todo o país.

Uma das manifestantes afirma que as pessoas estão fartas do que se está a passar e que não querem continuar a ver este tipo de coisas. Remata dizendo que o seu país está a caminho da destruição.

O alvo principal das críticas é Sílvio Berlusconi. Os manifestantes comparam-no a uma estrela da pornografia.

Em Itália a taxa de desemprego ronda já os 8 por cento e atinge particularmente os jovens.

A dirigente do sindicato diz que o país não tem futuro se o governo não adoptar políticas diferentes para trabalho e se não aumentar as possibilidades dos estudantes encontrarem emprego.

No final da semana estudantes universitários manifestaram-se na Torre de Pisa, e no Coliseu de Roma, contra as reformas. Em Florença, confrontos com a polícia fizeram vários feridos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.