Última hora
This content is not available in your region

Ministros das Finanças da UE discutem questão irlandesa

Ministros das Finanças da UE discutem questão irlandesa
Tamanho do texto Aa Aa

85 mil milhões de euros foi o valor da ajuda acordado à Irlanda, pela União Europeia e pelo Fundo Monetário Internacional.

Falta a adopção formal pelos ministros das Finanças europeus, que se encontram reunidos em Bruxelas não apenas para aprovar a ajuda à Irlanda mas para encontrar soluções para o futuro comunitário.

O representante alemão afirma que se está a trabalhar para descobrir uma solução que permita aos mercados financeiros ganhar confiança e estabilizar o euro.

Mais uma vez a Alemanha adianta-se e uma fonte anónima vai dizendo que a questão portuguesa está em cima da mesa.

Por seu lado, o ministro das finanças português, Teixeira dos Santos, não prestou declarações mas a homóloga espanhola, Elena Salgado, fez questão de sublinhar que este encontro é para debater a Irlanda e não Portugal ou Espanha.

Na Irlanda, a situação é catastrófica. Com um défice de 32 por cento, o país precisa de capital para, entre outras coisas, salvar os bancos.

Até 2014 o executivo quer reduzir o défice para três por cento.

Quem não está pelos ajustes são os irlandeses que este sábado saíram para as ruas de Dublin para protestar contra o pedido de ajuda à UE e ao FMI e mostrar descontentatemento face ao plano de austeridade apresentado pelo primeiro-ministro irlandês, Brian Cowen.