Última hora

Fracasso ameaça Cimeira de Cancún

Fracasso ameaça Cimeira de Cancún
Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto na Cidade do México manifestantes exigiam ontem aos Governos a tomada de medidas urgentes contra as alterações do clima, em Cancún, onde decorre a cimeira das Nações Unidas sobre as alterações climáticas, pairava uma nuvem ameaçadora sobre o prolongamento do Protocolo de Quioto para lá de 2012.
 
A China e outros países, entre os quais a Venezuela, acusam as nações mais desenvolvidas de quererem matar o Protocolo de Quioto.
Claudia Salerno, que chefia a delegação venezuelana fez um aviso:
 
“Para nós o resultado positivo de Cancún deve preservar o Protocolo e a Convenção de Quioto.
Acreditamos que pode ser melhorado e fortalecido, mas em circunstância alguma deve ser destruído.”
 
O Protocolo de Quioto, que termina em 2012, é actualmente o único instrumento com metas definidas para a redução de emissões de gases com efeito de estufa e para combater as alterações climáticas
 

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.