Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

UE avança com sanções contra Costa do Marfim

UE avança com sanções contra Costa do Marfim
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia vai impor sanções à Costa do Marfim para forçar o presidente cessante Laurent Gbagbo a aceitar a derrota nas últimas eleições e a entregar o poder.

Gbagbo clamou vitória a 28 de Novembro apesar da comissão eleitoral ter dado o triunfo ao rival Alassane Outtara.

O Presidente e os apoiantes vão ser alvo do congelamento de ativos financeiros e suspensão de vistos.

De acordo com o comunicado publicado após a reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros dos 27 esta tarde, Bruxelas vai iniciar rapidamente a elaboração de uma lista com os ativos daqueles que estão a obstruir o processo de paz e de reconciliação da Costa do Marfim.

Os Estados Unidos também já ameaçaram levar a cabo o mesmo tipo de ação

Laurent Gbagbo permanece com o controlo das Forças Armadas costa-marfinenses e rejeita as críticas internacionais qualificando-as de ingerência externa.