Última hora
This content is not available in your region

Hezbollah diz que não irá excluir nenhum partido

Hezbollah diz que não irá excluir nenhum partido
Tamanho do texto Aa Aa

O líbano começa segunda-feira as conversações para nomear um novo primeiro-ministro que suceda ao actual chefe do governo, Saad Hariri.

O Hezbollah e seus aliados não irão excluir nenhum partido político se o seu candidato ganhar uma maioria parlamentar na ronda negocial.

O chefe do grupo xiita, Sayyed Hassan Nasrallah deu este domingo uma conferencia de imprensa onde se explicou:

“nós da oposição vamos procurar uma parceria de governo se o (nosso) candidato ganhar a maioria parlamentar. Nós não queremos um governo para apenas um lado e nem a exclusão de qualquer partido político.”

O Líbano mergulhou numa crise politica no início deste mês depois que o Hezbollah e seus aliados derrubaram o governo do primeiro-ministro interino Saad al-Hariri, em uma disputa sobre acusações confidenciais de um tribunal apoiado pela ONU e que investiga o assassinato de seu pai em 2005.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.