Última hora

Manifestações de solidariedade com os egípcios

Manifestações de solidariedade com os egípcios
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os ecos de solidariedade com o povo egípcio ouviram-se além-fronteiras.

Em Berlim, vários manifestantes reuniram-se em frente à embaixada do Egito. Gritaram palavras de ordem contra o governo, pedindo a demissão do presidente Hosni Mubarak. Nos cartazes, apelaram ao fim da tortura e da violência policial.

“Queremos ajudar os nossos irmãos no Egito”, diz um manifestante. “É por isso que estamos aqui. Nós, os muçulmanos e os egípcios da Alemanha, estamos com eles. Pedimos a Hosni Mubarak para abandonar o poder. Em 30 anos, fez regredir o país e apoiamos os nossos irmãos no Egito.”

A chanceler alemã Angela Merkel declarou-se chocada com as imagens dos protestos, apelando ao fim da violência e condenando as restrições em aceder à informação.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.