Última hora
This content is not available in your region

UE exige início imediato da transição no Egito

UE exige início imediato da transição no Egito
Tamanho do texto Aa Aa

Os dirigentes europeus endurecem o tom e exigem que a transição no Egito comece imediatamente, seja ordenada e que se respeitem as aspirações do povo. 
 
A posição europeia foi coordenada na cimeira que tinha começado com avisos de alguns líderes, entre eles o primeiro-ministro britânico. David Cameron afirmou: “Se virmos nas ruas do Cairo mais violência patrocinada pelo Estado, a contratação de criminosos para atacar manifestantes, então o Egito e o regime perderão o resto de credibilidade e o apoio aos olhos do mundo, incluindo do Reino Unido”.
 
A situação no Egito dominou o encontro europeu desta sexta-feira, em Bruxelas, cujo programa inicial era dedicado à energia, à inovação e à crise do euro. Mas os Vinte e Sete foram obrigados a reagir, depois de terem sido criticados pela ausência de uma posição firme, primeiro no caso da Tunísia e agora face à situação no Egito.