Última hora
This content is not available in your region

Oposição junta 70 mil frente ao parlamento de Belgrado

Oposição junta 70 mil frente ao parlamento de Belgrado
Tamanho do texto Aa Aa

Na Sérvia, a contestação ao governo europeísta atinge o ponto mais alto desde as eleições de 2008. A oposição conseguiu juntar cerca de 70 mil pessoas em frente ao parlamento de Belgrado.

O descontentamento foi encabeçado por Tomislav Nikolic. O dirigente nacionalista do Partido Sérvio do Progresso reclamou eleições antecipadas e deixou um recado ao executivo: “A Sérvia não merece ser atormentada por um governo, em vez disso vamos nós atormentar o governo. Vamos mostrar-lhes como é quando se tem de se preocupar pela manhã se há emprego ou não”

Os vários partidos da oposição prometeram voltar à carga em Abril se o governo do presidente Boris Tadic não convocar eleições antecipadas.

Os manifestantes exigem também salários mais elevados e o fim da corrupção.

“Eu vivo com grandes dificuldades. Fui corrido de uma empresa de construção civil e agora é um desastre” – afirma um dos presentes. Outra manifestante exclama – “Se tivéssemos menos gente corrupta teríamos melhores condições sociais, mais emprego e menos crime.”

A taxa de desemprego na Sérvia é superior a 26 por cento da população ativa e o rendimento mensal médio é de 390 euros.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.