Última hora

Governo da Autoridade Palestiniana demite-se

Governo da Autoridade Palestiniana demite-se
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O governo da Autoridade Nacional Palestiana apresentou a demissão em bloco depois do presidente Mahmoud Abbas ter anunciado eleições presidenciais e legislativas para setembro.

Politicamente fragilizado, Abbas joga a cartada da renovação política através de eleições, depois do chefe negociador para o conflito israelo-palestiano, Saeb Erakat, se ter afastado do cargo devido à revelação de documentos confidenciais que davam conta de grandes concessões aos israelitas, em relação aos colonatos judeus, a Jerusalém e aos refugiados.
 
Mahmoud Abbas tenta assim refrescar a imagem da sua fação sobre não só aos insucessos nas negociações com os israelitas mas também depois de ter proibido manifestações populares a favor das revoluções egípcia e tunisina.
 
O movimento islâmico Hamas contesta a legitimidade da autoridade palestiniana e das eleições.
 
Mahmoud Abbas não se vai recandidatar.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.