A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Revolução faz os primeiros mortos em Sanna

Revolução faz os primeiros mortos em Sanna
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O movimento de contestação que agita o Yémen faz as primeiras vítimas mortais na capital.
 
Dois manifestantes morreram e onze ficaram feridos quando partidários do regime dispararam contra manifestantes.
 
Cerca de 4.000 manifestantes, que acampavam diante da Universidade tentaram invadir outra praça onde estavam reunidos partidários do Congresso Popular Geral.
 
Sete deputados do partido da maioria demitiram-se hoje de funções para protestar contra a repressão do presidente Ali Abdullha Saleh’s que eleva para 14 o número de mortos desde quinta-feira.