Última hora
This content is not available in your region

Familiares das vítimas de Lockerbie querem reação dos EUA

Familiares das vítimas de Lockerbie querem reação dos EUA
Tamanho do texto Aa Aa

O atentado de Lockerbie matou 270 pessoas em 1988 e inflamou tensões entre o ocidente e o Médio Oriente. Agora, as famílias das vítimas exigem uma reação dos Estados Unidos. É que o antigo ministro da Justiça de Muamar Kadhafi, Mustafa Abdel-Jalil, declarou a um jornal que o presidente líbio ordenou pessoalmente o atentado contra o avião da Pan AM, que caiu na cidade escocesa de LockerBie.

“Esta informação que surgiu a público é a primeira evidência clara de que estávamos à espera há 23 anos. Um ministro da Justiça referiu claramente que Kadhafi ordenou o ataque contra o voo 103 da Pan Am e isso foi um ato de terrorismo. Finalmente, uma administração americana deixou de se poder esconder por detrás da retórica. Eles devem responder, eles têm que responder: presidente Obama, o que tenciona fazer?”

A libertação de Abdel Baset al-Megrahi em 2009 foi muito contestada. Na altura, o ex-primeiro-ministro Tony Blair foi acusado de ter trocado o bombista, com cancro em fase terminal, por um negócio milionário envolvendo a BP.