A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Embaixador líbio na ONU renegou Kadhafi

Embaixador líbio na ONU renegou Kadhafi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O embaixador da Líbia nas Nações Unidas renegou em pleno Conselho de Segurança, o líder líbio, Muammar Khadafi, que responsabilizou pelo “banho de sangue” no país.

Em lágrimas, após a sua intervenção feita de improviso, Mohamed Shalgham foi felicitado e abraçado por representantes de delegações de vários países e pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon.

“Nações Unidas por favor salvem a Líbia. Não ao derrame de sangue, não à morte de inocentes. Queremos uma resolução decisiva, rápida e corajosa da vossa parte”, apelou o diplomata.

Entretanto, Ali Aujali o antigo embaixador nada Líbia nos Estados Unidos que se demitiu das suas funções no início da semana, hasteou a bandeira da monarquia líbia, na sua residência.