Última hora

Líbia: Revolta popular contagia militares

Líbia: Revolta popular contagia militares
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O cerco a Muammar Kadafi intensifica-se. Da Líbia chegam relatos de que um número crescente de militares estão a aliar-se aos manifestantes na revolta contra o coronel.

Na maior base naval do país, em Bengasi, declarou-se uma Líbia livre.

No leste do país, controlado pelos revoltosos, os soldados são transportados em ombros entre cânticos em nome do país e do povo.

Imagens como as que vemos, foram mais uma vez captadas por vídeos amadores.

Fontes da oposição dizem que as unidades militares desertoras estão armadas e bem organizadas.

Nesta altura continua por se saber ao certo quantos militares se mantêm leais a Kadafi e quantos passaram para o lado dos manifestantes.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.