Última hora
This content is not available in your region

Mais de 40 mil pessoas fugiram da Líbia

Mais de 40 mil pessoas fugiram da Líbia
Tamanho do texto Aa Aa

A crise humanitária provocada pela revolução Líbia começa a ser visível na fronteira Tunisina de Ras Jdier onde milhares de pessoas afluem diáriamente, sobretudo estrangeiros, na esperança de serem repatridos.

Jamal Euzzedine, enviado da Euronews conta:

“ Milhares de egipcíos e outros estrangeiros fogem para a linha de fronteira entre a Líbia e a Tunisia, cerca de 40 mil pessoas para escaparem ao inferno da guerra.

As autoridade tunisinas têm prestado apoio como podem a estes egipcios e aos estrangeiros, têm distribuido comida, agua, cobertores e roupas. Nesta altura ha dezenas de auto carros que levam estas pessos para Ben Gardem e Djerba, uma vez lá ficam instalados em pousadas da juventude e estadios até que o regresso aos respectivos paises seja possível”.