Última hora

UE aprova sanções contra a Líbia

UE aprova sanções contra a Líbia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia aprovou as sanções contra o regime de Muammar Kadhafi. Embargo à vendas de armas, congelamento de bens e interdição de visto: os europeus seguem a linha da ONU.

A decisão foi aprovada por unanimidade, esta segunda-feira, na reunião dos ministros europeus da Energia. Tamás Fellegi, ministro húngaro do Desenvolvimento Nacional, explica que “no seguimento da decisão tomada sábado pelo Conselho de segurança da ONU, o Conselho aprovou o embargo de armas à Líbia, incluindo munições e outro material. Em adição às medidas das Nações Unidas, o Conselho proibiu também o comércio de equipamento que possa ser usado para a repressão”, por exemplo, gás lacrimogéneo.

Os europeus vão também mais longe na lista de pessoas visadas. A lista da ONU inclui 16 nomes, a da UE conta 25.

A votação sobre as sanções acabou por ser antecipada para esta segunda-feira, para que possam entrar em vigor depressa. Talvez dentro de uma semana.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.