Última hora
This content is not available in your region

Embaixada Líbia em La Valleta "zona livre"

Embaixada Líbia em La Valleta "zona livre"
Tamanho do texto Aa Aa

Os líbios de Malta tentam encorajar a revolução e transformam a embaixada local em “zona livre”.
 
 
No edifício da embaixada a bandeira do antigo regime foi retirada e substituída pelas cores da revolta sob o olhar de alguns manifestantes anti Kadhafi. 
 
A pequena comunidade de dois mil líbios de La Valleta, tem acompanhado os acontecimentos na Líbia com grande apreensão, muitos são refugiados do regime à espera de poderem entrar na Europa por uma vida melhor. 
 
“Mudamos a bandeira, esta é a única coisa que podemos fazer, não podemos fazer mais nada, não podemos salvar as pessoas, há gente que morre todos os dias, estão a morrer muitos”, declara um manifestante.
 
Aqui em Malta os líbios também estão divididos.

Muitos mantém o silêncio até ver para que lado cairá o fiél da balança, o terror chamado Kadhafi, ameaça ter mais do que uma vida e os líbios sabem-no muito bem.