Última hora
This content is not available in your region

Maré humana de contestação em Beirute

Maré humana de contestação em Beirute
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas manifestaram-se no centro de Beirute contra o arsenal de armas do Hezbollah, por ocasião do aniversário da revolução dos Cedros, desencadeada pelo assassinato do ex-primeiro ministro Rafic Hariri e que acabou com o domínio sírio no país em 2005-

Uma maré humana concentrou-se na praça dos mártires depois do apelo filho de Rafic e primeiro-ministro em exercício, Saad.

O Hezbollah, grupo xiita apoiado pelo Irão, diz que a sua estrutura militar serve para proteger o país. Os manifestantes pró-ocidentais querem que esse papel seja exclusivo do exército.

A contestação surge uma semana depois de outro protesto contra o sistema político sectário do Líbano.