Última hora
This content is not available in your region

Insurgentes dizem que Kadhafi não respeita trégua

Insurgentes dizem que Kadhafi não respeita trégua
Tamanho do texto Aa Aa

Guerra de balas e guerra de palavras, duas frentes que se desenham agora no conflito líbio, numa altura em que os insurgentes festejam a resolução da ONU.

O regime de Tripoli desmentiu ter continuado as operações militares depois do anúncio do cessar-fogo, as forças rebeldes afirmam o contrário.

Os ataques lançados toda a manhã desta sexta-feira sobre Misrata fizeram pelo menos vinte e cinco mortos e mais de uma centena de feridos.

Este insurgente diz que espera ansiosamente que a França possa reprimir as forças de Kadhafi, para que possam retirar-se da zona, os que se encontram aqui aguardam ordens para agir.

Misrata, o último bastião da rebelião sofreu ataques de artilharia pesada que visaram a população civil, cerca de 300 mil pessoas vivem nesta cidade, situada a 200 quilómetros da capital Tripoli.

Os ataques fizeram pelos menos vinte e cinco mortos e mais de uma centena de feridos.

Esta operação surge poucas horas depois da resolução adotada pelas Nações Unidas, para autorizar uma intervenção militar internacional, que defenda o povo líbio das bombas do regime.

As forças pro regime encontram-se desde ontem às portas de Benghazi. A cidade símbolo da revolução está desde então cercada pelos homens do coronel.