Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Síria: Uma centena de feridos em confrontos em Deera

Síria: Uma centena de feridos em confrontos em Deera
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A revolta do mundo árabe propaga-se à Síria.

Este domingo as forças de segurança voltaram a usar balas reais e gás lacrimogéneo contra milhares de manifestantes, em Deera, no sul do país.

Pelo menos cem pessoas terão ficado feridas. É o terceiro dia consecutivo de confrontos nesta cidade.

Na sexta-feira, quatro pessoas foram mortas quando participavam numa manifestação pela libertação de 15 jovens autores de grafittis que apelavam à revolta.

Para acalmar os ânimos, o governo prometeu libertar os jovens, mas procedeu à detenção de dezenas de participantes no funeral de duas das vítimas, este sábado.

Os manifestantes têm vindo a pedir o fim do estado de emergência, que dura há 48 anos, a libertação dos presos políticos e o fim da polícia secreta. A primeira manifestação tinha sido convocada através do Facebook sob a designação de “sexta-feira da dignidade”.