Última hora
This content is not available in your region

Presidente do Iémen promete eleições em janeiro

Presidente do Iémen promete eleições em janeiro
Tamanho do texto Aa Aa

No Iémen, o presidente Ali Abdullah Saleh disponibilizou-se para deixar o poder depois da organização de eleições livres em Janeiro de 2012.

Uma proposta que não satisfaz a oposição e uma parte dos militares que exigem a demissão imediata do presidente e continuam a manifestar-se nas ruas prometendo “não desistir mesmo com sacríficio do sangue e da alma”.

A situação começa a ficar fora de controlo. O espectro da guerra civil está por todo o lado. Já hoje dois militares morreram num confronto entre soldados iemenitas e membros da guarda pessoal do presidente, no sul do país.

A contestação iniciada no final de janeiro acentuou-se depois da morte de 52 pessoas, no dia 18 de março, durante um ataque aos manifestantes, na cidade de Sanaa, a capital do país.