Última hora
This content is not available in your region

Bolsa do Cairo reabre com fortes quedas

Bolsa do Cairo reabre com fortes quedas
Tamanho do texto Aa Aa

Foi pouco auspiciosa a reabertura da bolsa do Cairo, depois de cerca de dois meses de fecho, motivado pelos protestos que acabaram por deitar abaixo o presidente Hosni Mubarak.

O índice principal caiu cerca de 9%, neste primeiro dia de negociação, por culpa de uma venda em massa de ações.

O ministro das Finanças, Samir Radwan, pede sensatez aos investidores: “Aconselho que guardem as vossas ações, não se apressem a vender porque podem arrepender-se. Devem comprar, esta é a altura de comprar, é um mercado bom para a compra”.

A negociação tinha sido suspensa a 27 de Janeiro, depois de uma forte descida, em apenas dois dias, depois do começo dos protestos.

Na manhã desta quarta-feira, houve também uma paragem de meia hora nas negociações, devido à forte tendência para a venda.

Como parte da tentativa de trazer a confiança de volta ao mercado, o governo apontou um novo presidente da bolsa, depois da demissão do anterior.