Última hora
This content is not available in your region

Pastor evangélico não se sente responsável

Pastor evangélico não se sente responsável
Tamanho do texto Aa Aa

Um dos responsáveis pela queima do Corão foi o controverso pastor evangélico da Florida que já tinha feito uma aparição mediática em Setembro do ano passado quando ameaçou incendiar o livro sagrado do Islão.

Terry Jones reagiu ao que aconteceu no Afeganistão. Referiu “não sentir-se culpado”, pelo contrário, a violência, disse, “deu razão ao argumentos de que existe um ingrediente radical no Islão”.

No dia 20 de Maio Jones supervisionou o Corão a ser queimado por outro pastor chamado Wayne Sapp num julgamento encenado em que o livro sagrado foi considerado “culpado”.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.