Última hora
This content is not available in your region

Empresas japonesas mais pessimistas

Empresas japonesas mais pessimistas
Tamanho do texto Aa Aa

As grandes empresas japonesas esperam uma forter degradação nas condições económicas nos próximos três meses.

Esta é a conclusão do inquérito feito agora pelo Banco do Japão e reflete bem os receios decorrentes do terramoto de 11 de março e do desastre nuclear que se seguiu.

Para ser mais preciso, o Banco do Japão fez questão de separar as respostas dadas antes e depois do sismo.