Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Queima do Corão inflama protestos no Afeganistão

Queima do Corão inflama protestos no Afeganistão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A incineração de um quorão por parte um pastor norte-americano, continua a inflamar os protestos no Afeganistão contra a presença de tropas estrangeiras no país.

Centenas de manifestantes concentraram-se em Cabul para condenar o acto do pastor da Florida, mas também para exigir a retirada imediata das tropas norte-americanas do país.

“Se o Ocidente não parar imediatamente com estas ações, poderá criar um problema muito maior e aí podemos optar por outro tipo de manifestações de revolta”, ameaça um manifestante.

A queima do Corão pelo pastor fundamentalista Terry Jones tinha sido difundida num vídeo na internet no dia 20 de Março.

As imagens suscitaram protestos em todo o mundo árabe.

No Afeganistão as manifestações tinham provocado mais de 21 mortos em Mazir-i-Sharif e Kandahar durante o fim-de-semana, entre os quais sete funcionários da ONU.

Numa conversa telefónica, Barack Obama e o presidente afegão lamentaram hoje tanto a ação do pastor Terry Jones, assim como os protestos violentos no Afeganistão.