Última hora

Síria: mulheres marcham pela liberdade

Síria: mulheres marcham pela liberdade
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de mulheres marcharam esta quarta-feira pela principal via costeira da Síria para reivindicarem a libertação dos cerca de 350 homens detidos na terça-feira pelas forças de segurança.

As detenções tiveram lugar em Baida, próximo a Banias, depois da população se ter juntado aos protestos contra a liderança do presidente Bashar al-Assad que se encontra no poder há 11 anos.

Os protestos iniciados no sul em Deraa estenderam-se aos subúrbios da capital, Damasco.

Em Deraa, manifestantes derrubaram na terça-feira uma estátua do pai do presidente Assad que também liderou o partido Baath, no poder há 48 anos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.