Última hora

Última hora

G20 vai vigiar desequilíbrios de grandes economias para evitar nova crise

Em leitura:

G20 vai vigiar desequilíbrios de grandes economias para evitar nova crise

G20 vai vigiar desequilíbrios de grandes economias para evitar nova crise
Tamanho do texto Aa Aa

Os ministros das Finanças do G20 chegaram a acordo em Washington para vigiar os desequilíbrios provocados por sete grandes países na economia mundial.

O objetivo é evitar uma nova crise financeira global.

O Fundo Monetário Internacional vai observar os níveis nacionais de dívida, os défices orçamentais e as balanças comerciais dos países em questão.

A ministra francesa da Economia explicou que as novas “linhas diretrizes funcionam como uma rede que cerca os países que não as respeitam”. Christine Lagarde acrescentou que “a rede é mais apertada para países considerados de importância sistémica, por representarem mais de cinco por cento do PIB do G20”.

Lagarde apenas apontou a França e a declaração final do G20 não explicita os restantes países. Mas os Estados Unidos e a China fazem certamente parte do grupo, bem como a Alemanha, o Japão, o Reino Unido e a Índia, segundo delegações presentes no encontro.