Última hora
This content is not available in your region

Governo russo quer aumentar taxa de natalidade

Governo russo quer aumentar taxa de natalidade
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 40 mil milhões de euros. É quanto o governo russo pretende investir até 2015 para aumentar a taxa de natalidade e a esperança de vida da população.

Perante a câmara baixa do parlamento, Vladimir Putin fixou, ainda, objetivos económicos a médio prazo.

Um deles passa por colocar a Rússia entre as cinco maiores economias do mundo em 2020.

O primeiro-ministro defende que para lá chegar o país precisa de uma década de desenvolvimento constante e estável, sem experiências irrefletidas ou assentes num liberalismo injustificado, e sem demagogia social.

Um discurso, que segundo os analistas dá o pontapé de saída à campanha eleitoral do partido Rússia Unida, para as eleições legislativas.

A menos de um ano das presidenciais, o chefe de governo russo lembrou que, em tempos de crise, o país se saiu melhor do que a Grécia ou Portugal obrigados a pedir ajuda externa.

Por abordar ficaram, por exemplo, a eficácia da luta contra a corrupção e o domínio do partido que lidera na cena política russa, muito criticado pela oposição.