Última hora

Comissão Eleitoral turca recua

Comissão Eleitoral turca recua
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Alta comissão eleitoral turca cede à pressão dos populares.

Depois de mais um dia de manifestações e violência este órgão admitiu a participação de sete candidatos independentes às eleições legislativas de 12 de Junho.

Candidatos que, na sua maioria, contavam com o apoio do BDP, o partido pró-curdo, a quarta formação mais votada no país.

Na semana passada a Comissão Eleitoral Suprema da Turquia tinha anunciado que 12 candidatos independentes, entre eles seis de origem curda, não poderiam candidatar-se. O motivo apresentado foi a não entrega, a tempo, de alguns documentos essenciais.

Na sequência desta decisão a violência instalou-se nas ruas de várias cidades do país. Os confrontos de quarta-feira na localidade de Bismil fizeram um morto e vários feridos.

A principal formação pró-curda na Turquia chegou a ameaçar boicotar o ato eleitoral.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.