Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Tony Blair sem convite para casamento real

Tony Blair sem convite para casamento real
Tamanho do texto Aa Aa

A lista de 1900 convidados do casamento do príncipe Guilherme continua a fazer correr muita tinta no Reino Unido.

A cinco dias da boda, é a ausência de dois antigos primeiros-ministros britânicos, ambos trabalhistas, que suscita a polémica.

Nem Tony Blair nem o seu sucessor Gordon Brown fazem parte da lista de convidados, ao contrário dos anteriores chefes de governo conservadores, Margaret Thatcher e John Major.

A imprensa britânica não hesita em justificar a ausência com as difíceis relações no passado entre a casa real e os dois trabalhistas, em especial após a morte da princesa Diana.

Para o comentador Robert Jobson, não se trata de uma decisão política, mas de simples protocolo.

“O príncipe Guilherme não ocupa ainda um cargo elevado na hierarquia real que exija a presença de todos os dignitários políticos e os convites dirigem-se, antes de mais a pessoas próximas da família”.

Tony Blair e Gordon Brown ficam assim fora da fotografia de família, ao contrário do atual primeiro-ministro David Cameron.

Criticado pela imprensa britânica, também o príncipe herdeiro decidiu declinar o convite, oficialmente, para poder dedicar-se a solucionar a revolta popular que agita o seu país.