Última hora
This content is not available in your region

Caso Sony abala confiança dos internautas

Caso Sony abala confiança dos internautas
Tamanho do texto Aa Aa

Os utilizadores das playstation da Sony estão chocados com a informação sobre o roubo das bases de dados da companhia.

O grupo anunciou na terça-feira que a base que continha os dados pessoais dos utilizadores foi intercetada por piratas informáticos.

Destes dados constam as moradas físicas e online dos clientes assim como números de cartões de crédito e passwords.

Muitos utilizadores estão revoltados porque a companhia não os avisou: “Nos primeiros três dias não sabia o que se estava a passar. Não sabia se tinham sido atacados, ou tinham encerrado.. ou, enfim, até hoje ninguém me disse nada. Limito-me a ir ao site à espera que haja alguma informação”, afirmou um utilizador.

A companhia nipónica suspendeu no dia 20 de Abril o sistema PlayStation Network, de ligação das consolas à internet, mas, como afirma este perito, este é um duro golpe na confiança dos internautas.

“Penso que as pessoas vão pôr em causa todo o tipo de empresas e todo o tipo de serviços quando se tratar de fornecer os seus dados pessoais e isso é um sentimento que vai permanecer”.

Em todo o mundo, 75 milhões de pessoas utilizam estes serviços. A Sony não esclareceu ainda se já identificou os piratas, mas as suspeitas recaiem sobre o grupo “Anonymous”, que tinha prometido vingar-se da companhia por ter levado dois hackers a tribunal.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.