Última hora

Nokia corta 7000 empregos

Nokia corta 7000 empregos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Nokia vai eliminar 7000 postos de trabalho e passar algumas atividades para empresas externas, num esforço para poupar mil milhões de euros.

O grupo finlandês é número um mundial do fabrico de telemóveis, mas está a ter uma grande dificuldade em competir no segmento dos smartphones, dominado pela Apple com o iPhone.

As economias devem ser realizadas até 2013.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.