Última hora

Última hora

Vaga de tornados provoca mais de 300 mortos no sul dos EUA

Em leitura:

Vaga de tornados provoca mais de 300 mortos no sul dos EUA

Vaga de tornados provoca mais de 300 mortos no sul dos EUA
Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos voltam a enfrentar-se a imagens de devastação, similares àquelas provocadas pelo furacão Katrina em 2005.

Pelo menos 300 pessoas morreram em sete estados, depois de 160 tornados e tempestades terem assolado o sul do país.

O estado de Alabama foi o mais afetado. O número de vítimas mortais ascende a mais de 206 pessoas.

Na cidade de Tuscaloosa, centenas de casas foram destruídas por um tornado de mais de um quilómetro e meio de extensão.

O presidente Barack Obama, que visita hoje as regiões mais afetadas, declarou o estado de emergência no Alabama e prometeu ajudas para as vítimas.

Uma residente de Tuscaloosa, testemunha: “estamos à procura dos nossos seres queridos, ouvimos pessoas a gemer entre os destroços mas ainda não conseguimos encontrar ninguém”.

“Foi um verdadeiro inferno. Não há outra forma de descrever a situação. Mas mesmo que tenha perdido tudo, sinto-me abençoado por estar vivo”.

A violência das tempestades, frequentes nesta altura do ano no sul do país, surpreendeu os meteorologistas. Desde o início do mês que mais de 260 tornados assolaram as regiões do sul.

O responsável da proteção civil norte-americana considerou a vaga de tornados como a pior de sempre na história do país.

Os danos causados ascendem a milhares de milhões de dólares. No Alabama mais de 2 mil agentes da guarda nacional foram mobilizados para participar nas tarefas de resgate.