Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

NATO e rebeldes rejeitam novo apelo de cessar-fogo de Kaddafi

NATO e rebeldes rejeitam novo apelo de cessar-fogo de Kaddafi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A NATO e os rebeldes líbios rejeitaram a nova proposta de cessar-fogo apresentada por Mouammar Kaddafi.

A aliança atlântica, que bombardeou esta manhã vários edifícios oficiais em Tripoli, afirmou que os ataques vão prosseguir enquanto os civis permanecerem ameaçados no país.

A última ofensiva visou a televisão pública durante a difusão de um discurso de 80 minutos de Kaddafi, gravado algumas horas antes.

O dirigente líbio rejeitou demitir-se, afirmou estar disposto a negociar um cessar-fogo e propôs mesmo assinar novos contratos petrolíferos com o ocidente, segundo ele, uma das principais razões do ataque da NATO.

Um discurso distante das movimentações no terreno.

As forças de Kaddafi abriram uma terceira frente de batalha, a sul, para tentar atingir Bengasi, bastião dos rebeldes, depois de terem conquistado as cidades de ak-Koufra e Jalo.