Última hora

Uganda: Besigye regressa e Museveni toma posse

Uganda: Besigye regressa e Museveni toma posse
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Apesar das autoridades ugandesas terem tentado impedir o regresso ao país do líder da oposição,

Kizza Besigye foi recebido apoteoticamente em Campala pelos seus apoiantes.

Besigye estava desde finais de abril em Nairobi, onde foi hospitalizado para cuidados oftalmológicos após uma violenta detenção pelas forças de segurança ugandesas.

Ao mesmo tempo que a polícia dispersava violentamente os seguidores do líder da oposição, Yoweri Museveni, que o derrotou nas eleições presidenciais, procedia à cerimónia de posse como presidente da república do Uganda.

Médico pessoal de Yoweri Museveni até 1999, Besigye tornou-se nos últimos anos na principal figura da oposição.

Nas presidenciais de fevereiro, Museveni foi reeleito com 68 por cento dos votos mas Besigye, o segundo candidato mais votado, rejeitou os resultados com acusações de fraude, e prometeu um levantamento popular contra o regime de Museveni semelhante aos da Tunísia e do Egito.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.