Última hora
This content is not available in your region

Sérvia insiste em investigação da ONU sobre tráfico de órgãos

Sérvia insiste em investigação da ONU sobre tráfico de órgãos
Tamanho do texto Aa Aa

A Sérvia não descansa enquanto não houver uma investigação independente das Nações Unidas ao alegado tráfico de órgãos de por parte dos atuais líderes Kosovares durante a guerra do Kosovo.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban-ki Moon, apoia a ideia, mas o primeiro-ministro kosovar, alegadamente envolvido, não foi explícito sobre se aceita uma investigação da ONU pedida por Belgrado.

“Não temos nada a esconder. Oferecemos o apoio total às autoridades judiciais. Estamos também dispostos a cooperar e dar um apoio forte às instituições internacionais do Estado de direitos”, declarou Hashim Thaci.

Thaci foi referenciado num relatório do Conselho da Europa – publicado em Dezembro do ano passado – como o líder de um grupo de criminosos dedicado ao tráfico de órgãos.

Os prisioneiros servo kosovares seriam engordados antes de lhes retirarem os órgãos.