Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Christine Lagarde mantém silêncio sobre FMI

Christine Lagarde mantém silêncio sobre FMI
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A ministra francesa das Finanças, Christine Lagarde, parece cada vez mais próxima do posto de diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), mas para já mantém o silêncio.

Lagarde é anfitriã da cimeira da cimeira do G8, esta semana em Deauville, e esteve num seminário sobre as economias do G20, esta segunda-feira em Paris, onde também esteve o economista-chefe da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), Ángel Gurría: “Quem quer que seja apontado para o cargo, a decisão deve basear-se exclusivamente no mérito e não na origem da pessoa. Não deve haver nem exclusão automática nem inclusão automática”, diz o homem-forte da OCDE.

Tradicionalmente, o posto mais alto do FMI é ocupado por um europeu e Lagarde parece ser a pessoa que se segue, na sucessão ao compatriota Dominique Strauss-Kahn. Mas as economias emergentes, com cada vez maior influência no mundo económico, querem por fim a este monopólio.