Última hora
This content is not available in your region

Casamento em Malta vai deixar de ser eterno

Casamento em Malta vai deixar de ser eterno
Tamanho do texto Aa Aa

A ilha de Malta disse sim ao divórcio. Cerca de 52% dos eleitores votaram a favor da legalização no referendo que se realizou este sábado.

A votação tem apenas um caráter consultivo. Segue-se agora a elaboração de uma lei específica.

Malta era, até agora, o único país da Europa onde o divórcio era proibido.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.